Boa tarde, Nação Tricolor;
Nada é mais gostoso que escrever uma coluna após vitória São-Paulina e com boa novidade vinda por ai: a contratação do jogador Nilmar que, atualmente está no Villarreal.

Rápido, habilidoso, e de enorme qualidade, o Tricolor precisa de um jogador estilo Nilmar, ainda mais depois da saída de Dagoberto. Apesar de gostar do jeito do Fernandinho jogar, eleito um dos melhores que vi em campo na partida de ontem, o camisa 12 agora poderá ficar como segunda opção.

O jogador Luís Fabiano comenta:
– Nilmar é um excelente jogador, muito rápido, dispensa comentários. Espero que dê tudo certo. Tentei falar com ele través do nosso advogado, que é o mesmo, trocamos algumas mensagens. Ele está otimista, bem disposto a voltar. Cabe ao São Paulo tentar fechar negócio com o Vilarreal.

E você, leitor. Conhece bem o talvez dono da 11?

Nilmar Honorato da Silva, 27 anos, e apesar da alta estatura (1,80m) é considerado um dos jogadores mais rápidos de toda atualidade. Começou sua carreira em um time da cidade de Cambará-DR, chamado Sociedade Esportiva Matsubara.
Teve sua primeira oportunidade como profissional em 15 de março de 2003, pelo Internacional de Porto Alegre. Foi campeão Gaúcho no mesmo ano, sendo artilheiro da equipe.
Em 2004, foi para o Lyon, da França, ocupando a vaga do também Brasileiro Giovane Élber, que havia saído do clube. Não tendo muito sucesso na Europa, um ano depois Nilmar resolve voltar para o Brasil, também para conseguir uma chance na Seleção Brasileira, e acerta empréstimo com o Corinthians, com duração de um ano, onde teve muito destaque em 2005, pelo Campeonato Brasileiro, ao lado de Carlitos Tevez. 

Em 2007, acertou sua volta para Inter de Porto Alegre, com um contrato de cinco anos. Em dezembro de 2008 Nilmar ajuda o time marcando, na prorrogação, o gol que deu ao clube o inédito título da Copa Sul-Americana.
Pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro de 2009, na partida entre Corinthians e Internacional, jogando pela equipe Gaúcha, o jogador marcou um golaço, driblando vários zagueiros adversários.  As boas atuações o renderam a volta para a Seleção Brasileira.
Voltou para a Europa em 2009, fazendo sua estréia pelo Villarreal em agosto, marcando dois gols na vitória de 4×1. No dia 02 de outubro de 2011, o jogador passou por uma cirurgia no joelho e ficou dois meses sem jogar. Voltou aos gramados no comecinho de dezembro e disputou  05 partidas, mas não marcando nenhum gol.
 
Corinthians foi o time que Nilmar se tornou mundialmente conhecido, clube que o jogador é grato até hoje.

O São Paulo com Jadson, Lucas, Nilmar e Luis Fabiano ficaria sensacional e eu estarei na torcida para dar certo!

 
A camisa 11 do Tricolor não está ocupada por ninguém, e segundo o site oficial está guardada para o jogador.  Vem, Nilmar! Vai, São Paulo! #SPFC
Boa semana a todos vocês leitores!
Fontes: Globoesporte.com; Wikipédia.
Créditos Fotográficos: luisfabiano-matador.blogspot.com; Globoesporte.com