Saudações São Paulinas;
Na noite de quarta-feira (27), o nosso glorioso São Paulo conseguiu mais uma bela vitória no Brasileirão.
O São Paulo, mesmo jogando fora de casa, venceu a partida diante do Coritiba, no Couto Pereira. Uma partida com dois tempos bastante distintos, o São Paulo deu show durante o primeiro tempo, durante o segundo tempo esbanjou uma apatia e levou um susto do time da casa.
Com esse excelente resultado, o São Paulo chegou 25 pontos em 12 partidas e ainda aumentou a pressão para o líder Corinthians.
O Coritiba começou melhor a partida diante da sua torcida, mandando uma bola rente à trave direita de Rogério Ceni logo no primeiro minuto da partida, em chute de Rafinha. E mesmo dominado pelo toque de bola alviverde nos minutos iniciais, o São Paulo abriu o placar aos 17 minutos: após jogada de Lucas pela direita, Carlinhos Paraíba recebeu a inversão de bola na entrada da área e acertou uma pancada no ângulo de Edson Bastos.
Mesmo sentindo o golpe, o Coritiba ainda dominava a posse de bola, mas sem criar. O São Paulo então aproveitou para surpreender os donos da casa: aos 24 minutos, o zagueiro Rhodolfo lançou da defesa para Juan em condição legal para sair sozinho e tocar por cima de Edson Bastos para ampliar o placar.
O time paranaense se deparou com o terceiro gol Tricolor aos 31minutos. Na esquerda, Dagoberto tocou para Lucas, que devolveu para o atacante.
Na entrada da área, o camisa 25 abriu para Wellington e partiu para receber dentro da área. Ali, pela direita, bateu cruzado para fazer 3 a 0 e dar contornos mais nítidos ao que seria uma vitória construída no primeiro tempo.
Logo após o intervalo, o Coritiba ainda tentou se reencontrar, mas levou o quarto gol logo aos 10minutos. Eltinho recebeu a bola na lateral esquerda e, ao errar a saída, entregou o lance nos pés de Lucas, que apenas avançou e acertou toque por cobertura, pegando Edson Bastos fora do gol para fazer mais um.
Mas a vantagem fez o nosso glorioso São Paulo acomodar, e o Coritiba aproveitou para reagir. Primeiro aos 22 minutos, com o gol de Rafinha, que pegou a sobra para fazer o primeiro com um chute forte.
Depois, aos 29 minutos, com Bill recebendo o cruzamento pela esquerda, dividindo com Xandão e tocando caído no canto.
Com 4 a 2 no placar, o Coritiba ainda teve nova chance aos 31 minutos, mas a defesa são – paulina afastou o cruzamento.
Quando o Coritiba era melhor em campo, chegou ao seu terceiro gol: aos 40 minutos, Rafinha cruzou pela direita para Bill, que ganhou de Juan para fazer o terceiro de cabeça.
O São Paulo de ontem jogou como o São Paulo que conhecemos. E a vitória de ontem pode ser dedicada em memória ao Mestre Telê.
“No começo dos anos 90, o saudoso Telê Santana fez do São Paulo um time mágico. Ofensivo, vistoso e tático são apenas alguns adjetivos para definir tanto brilhantismo.
“Na noite desta quarta-feira, em memória ao Mestre, que completaria 80 anos na última terça se estivesse vivo, o Tricolor fez o torcedor voltar ao passado, mesmo que por alguns minutos.” (Kaue Freitas)
Ficha da partida:
Gols;
São Paulo: Carlinhos Paraíba, aos 17 minutos do primeiro tempo; Juan, aos 24 minutos do primeiro tempo; Dagoberto, aos 31 minutos do primeiro tempo; e Lucas, aos 10 minutos do segundo tempo.
Coritiba: Rafinha, aos 22 minutos do segundo tempo; Bill, aos 29 minutos e aos 40 minutos do segundo tempo.
Coritiba: Edson Bastos; Jonas, Pereira, Emerson e Eltinho (Éverton Ribeiro); Léo Gago, Gil (Maranhão), Davi e Rafinha; Marcos Aurélio (Anderson Aquino) e Bill. Técnico: Marcelo Oliveira.
São Paulo: Rogério Ceni; Jean (Luiz Eduardo), Xandão, Rhodolfo e Juan (Cícero); Denilson, Carlinhos Paraíba, Wellington e Rivaldo (Marlos); Lucas e Dagoberto. Técnico: Adilson Batista.
Cartões amarelos;
Coritiba: Rafinha, Davi, Jonas e Maranhão.
São Paulo: Wellington, Juan, Lucas e Denilson.
Árbitro;
Antonio de Carvalho Schneider (RJ)
Local;
Estádio Major Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Kelly Elias – Apaixonada pelo São Paulo Futebol Clube.
Crédito: