(por @LeticiaMatias_)
Jogador se emociona, porém deixa claro que não vai fazer o mesmo caminho de Luis Fabiano por enquanto.
Hoje, no CT do tricolor paulista, os jogadores tiveram uma surpresa, com a presença ilustre do zagueiro uruguaio Diego Lugano. Um dos ídolos da torcida tricolor, Lugano estava de passagem pela cidade e resolveu fazer uma visitinha ao CT do ex clube.
Infelizmente, Lugano chegou ao CT da Barra Funda mais ou menos 13h da tarde, e as atividades já tinham sido encerradas. Por isso, reencontrou poucos jogadores, como os goleiros: Rogério Ceni e Bosco, que estavam fazendo tratamento no REFFIS.
Rogério Ceni recebe a visita de Lugano no CT (Foto: Sergio Gandolphi)
Lugano e Rogério no CT, nesse sábado. (Foto: Site Oficial SPFC)
Mesmo sendo uma passada rápida, Lugano conseguiu tempo para conversar com os ex colegas de trabalho e matar um pouquinho da saudade.
– Sempre quando eu venho aqui dá uma balançada, claro, porque virei um torcedor do São Paulo, houve uma empatia muito grande. Mas tenho mais dois anos de contrato com o Fenerbahçe-TUR, estou super bem lá, sou titular e não pretendo deixar a Turquia agora – explicou o jogador, negando a possibilidade de fazer, neste momento, o mesmo caminho de Luis Fabiano.
No pouco tempo que Lugano ficou no CT, ele se emocionou ao falar do clube. Lembrou de alguns títulos, e das histórias e disse que se emociona muito com a torcida de tricolor, que na apresentação de Luis Fabiano, chamava o nome do zagueiro.
Lugano posou para fotos com alguns funcionários do clube. (Foto: Site Oficial SPFC)
– Eu estava na Irlanda, concentrado para disputar um amistoso pelo Uruguai, quando recebi essa informação. Realmente me emociona muito. Eu gosto muito do Fenerbahçe, mas virei torcedor do São Paulo. Eu vivi momentos incríveis aqui – lembrou o zagueiro, hoje com 30 anos.
Lugano foi criado no Nacional, de Montevidéu, rival do Peñarol, e atuou pelo clube entre 1999 e 2001. Mas disse que vai torcer pelos uruguaios na final da Libertadores, a partir do dia 15 de junho, contra o Santos.
– Não tem como torcer contra o futebol uruguaio – avisou Lugano.
– Mas tenho amigos no Santos, como Muricy Ramalho, que foi meu treinador, e o Edu Dracena e o Elano, que eu conheci quando atuavam na Turquia e fiz uma amizade muito grande. O Edu foi meu parceiro de zaga em muitos jogos no Fenerbahçe – lembrou.
Lugano está muito feliz e satisfeito com o futebol que vem jogado. Além de estar super orgulhoso do futebol de seu país, e da evolução do mesmo.
Infelizmente, Diego Lugano não volta, mas o dirigente do São Paulo prometeu que ele volta. Esse é mais um sonho dos torcedores tricolores. Houve boatos que ele voltaria, e tenho certeza que todos os torcedores ficaram tristes quando souberam que, pelo menos por enquanto, ele não volta.
(Foto: Site Oficial.)
Vamos esperar, não é? Quem sabe um dia realizamos esse sonho! VOLTA LUGANO!
Espero que tenham gostado, até sábado que vem. Um beijo :*