Saudações São Paulinas,
Hoje, em minha coluna presto homenagem a um grande jogador que fez parte da história do nosso glorioso São Paulo. O nome dele é Elisio dos Santos Teixeira, mais conhecido como Teixeirinha. Se estivesse vivo, faria aniversário dia 4 de março.
Teixeirinha nasceu em São Paulo, no ano de 1922, é um dos maiores ídolos da história do São Paulo, sendo um dos maiores destaques do grande time são-paulino dos anos 40 e ficou conhecido como “Rolo Compressor”.
Ingressou nos aspirantes do glorioso São Paulo em agosto de 1938, quando tinha apenas 17 anos. Em 8 de outubro, Teixeirinha jogou sua primeira partida no time principal, contra o Sanjuanense.
Foi o jogador que mais tempo atuou no São Paulo, assim como Rogério Ceni, participando de 18 temporadas.
Teixeirinha é o terceiro maior artilheiro da história do time com 183 gols, atrás apenas de Serginho (242 gols) e Gino (232 gols). Primava pela regularidade. Nunca atuava mal, mas dificilmente era apontado como o melhor em campo. Entretanto, como a eficiência de Teixeirinha era bem acima da média, uma atuação normal dele era sempre muito valiosa para o São Paulo.
Uma jogada que Teixeirinha constantemente fazia, era superar o lateral adversário correndo junto à linha lateral do campo e só virar para a direita a poucos metros da linha de fundo. Quase nunca armava um ataque correndo em diagonal.
Nos anos 40/50, usava a “caixa” (armário) de número 1, que na época significava sinal de prestígio com os companheiros.
Seu último jogo foi contra o Rio Branco, do Espírito Santo, em 25 de Março de 1956.
Foi campeão paulista em 1943, 1945, 1946, 1948, 1949 e 1953, e vice em 1941, 1944, 1950 e 1952.

• Dedicação ao São Paulo:
Poucos jogadores foram tão apaixonados pelo São Paulo quanto Teixeirinha e com carreira mais longa dentro do clube, quinze anos.
Ao se retirar do Tricolor, tentou ainda jogar na Portuguesa Santista, porém um estranho fenômeno psicológico o impediu. Sentia-se mal vestindo outra camisa e abandonou de vez o futebol. Se tornou revendedor comercial negociando madeiras.
Em 1956, aos 34 anos, decidiu que era o momento de parar. Estava chegando outro astro para a posição: Canhoteiro. Teixeirinha admirava Luizinho e jogou com Leônidas, Sastre, Remo, o argentino Negri e outros.
• Ficha Técnica:
Nome: Elisio dos Santos Teixeira
Apelido: Teixeirinha
Jogos disputados pelo SPFC: 533 jogos
Data de entrada no clube: 01/08/39
Data de saída: 03/03/1956
Gols marcados no SPFC: 184
Nascimento: 04/03/1922, São Paulo (SP)
Títulos conquistados no São Paulo: Campeonato Paulista de 1943, 1945, 1946, 1948, 1949 e 1953.
Outros clubes em que atuou: Portuguesa Santista.
Obrigada Teixeirinha, por tudo que você representou para o nosso glorioso São Paulo. Fica aqui meu muito obrigado por ter amado tanto o Tricolor Paulista.
Kelly Elias – Publicitária – Apaixonada pelo SPFC e Amante de Futebol.
@KellyElias29
Fonte: