Boa noite, Queridos Tricolores!

Tá, eu sei que de boa a noite não tem nada! O nosso Maior do Mundo perdeu mais um clássico, dessa vez contra o Santos. É duro admitir mas o fato é que viramos fregueses dos demais times grandes de São Paulo.

O primeiro tempo começou bem tenso. O Santos criou algumas boas oportunidades, até abrir o placar logo aos 10 minutos. Robson cruzou da direita depois de driblar Miranda e Elano entrou na área completamente sozinho, no meio dos dois zagueiros do São Paulo, e só teve o trabalho de cabecear pro gol.

Depois do gol, o São Paulo teve uma discreta melhora em campo. Fernandinho fez algumas boas jogadas e Jean também se destacava, além do Mito, é claro, que fez uma defesa maravilhosa! Aos poucos o time conseguiu dominar o Santos, mas as oportunidades claras de gol foram poucas. Apenas no final do primeiro tempo o São Paulo demonstrou clara superioridade. Aos 38, Dagoberto cobrou falta e Miranda, mesmo sem tocar na bola, participou da jogada em posição de impedimento. Gol anulado.

O time voltou para o segundo tempo jogando como começou o primeiro: mal. Logo aos 9 minutos, Carpegiani sacou Zé Vitor para e entrada de Marlos na tentativa de dar mais mobilidade ao time. O São Paulo melhorou um pouco, meteu umas bolas nas trave, mas as bolas teimavam em não entrar! A sorte que nos acompanhou no jogo passado dessa vez nos faltou. E como quem não faz toma, aos 28 minutos o Santos ampliou a vantagem com Maikon Leite aproveitando rebote do Mito após chute de Elano.

Aos 29, Carpa tirou Dagoberto e colocou Marcelinho Paraíba em seu lugar. Sei que nem todos vão concordar comigo, mas eu teria tirado Fernandão. O cara estava se arrastando em campo, parecia que tinha comido uma feijoada completa, com direito a caipirinha e tudo no aperitivo! Aos 34, o técnico tirou o lateral Juan e colocou Zé Eduardo um jovem zagueiro. Agora, desculpem a minha ignorância, mas… alguém entendeu essa substituição? Eu me esforcei para entender, mas não rolou não! Sério, se você que está lendo a coluna entendeu, coloque lá nos comentários a sua teoria, por favor! Daí até o final da partida, foi só sofrimento para os nossos coraçõezinhos tricolores… E olhe que temos mais é que agradecer a ausência do Neymar, porque com ele em campo o estrago teria sido maior!

É, queridos sãopaulinos… Com esse time aí não vamos a lugar nenhum, viu? Temos que rezar, mas rezar muito, para que Alex Silva continue no Tricolor (porque essa zaga com Xandão e Miranda-Vontade-Zero ainda pode nos causar muitas decepções) e para que a molecada da Seleção Sub-20 e mais o Rivaldo dêem conta de botar esse meio-campo nos eixos.

Dedico essa coluna à minha amiga Mariana Leite (@MaariLeitte), uma santista que eu adoro. Parabéns ao Santos e aos santistas pela vitória, mas ganhando ou perdendo, sempre serei São Paulo.

COMO EU TE AMO TRICOLOOOOR!

Amanda Amaro – Sãopaulina apaixonada
Me sigam no Twitter: @mandyamaro
Fotos: Terra