Saudações tricolores!
Diferente da coluna anterior, onde admito ter sido um tanto pessimista, hoje estou aqui para injetar ânimo, dar energia, fazer surgir em todos a esperança de vermos o São Paulo na disputa por mais um título.
O tricolor paulista está de volta, nossos jogadores voltaram a apresentar um futebol bonito e digno do time mais vitorioso do país. Para os mais otimistas ainda existe uma chance matemática de sermos campeões. Quem não gostaria de ver o São Paulo levar mais um título quando todos o estavam condenando a segunda divisão? Sem dúvida, seria um título para entrar na história.
Pela primeira vez no ano temos um comando consciente com um elenco praticamente completo, além de muito motivado. Mais que isso, o Carpegiani tem em mãos um verdadeiro quebra-cabeças, com as melhores peças possíveis. Afinal, quem não gostaria de ter Ricardo Oliveira, Dagoberto, Fernandinho, Jean, Alex Silva e Rogério Ceni? Esses jogadores poderiam ser titulares em qualquer time do mundo. Sem contar as revelações Lucas, Casemiro e Diogo, meninos que, na opinião dessa humilde torcedora, podem ser titulares facilmente.
Ser técnico não é só alegria, quanto mais forte o elenco, mais difícil saber quem fica dentro ou fora do time principal. Já pararam para pensar nisso? Como conciliar tantos nomes, egos, formando um time competitivo e unido? Como escolher dois atacantes entre nomes como Dagoberto, Ricardo Oliveira, Fernandão e Fernandinho? Como manter quem fica de fora motivado? Ter opções no elenco é ótimo, assim cada jogador precisa se esforçar mais a cada treino para conseguir uma oportunidade, ao menos é o que se espera. Todos devem concordar, que dor de cabeça!
Especula-se que o time titular contra o Santos será formado por: Rogério Ceni, Miranda, Alex Silva, Jean, Richarlyson, Casemiro, Rodrigo Souto, Lucas, Fernandinho, Dagoberto e Ricardo Oliveira. Nomes como Marlos, Cleber Santana, e Fernandão ficarão de fora, sem contar Ilsinho e Junior Cesar, ambos em recuperação. E o que dizer dos meninos da base que ainda buscam seu espaço? Samuel, Zé Victor, Lucas Gaúcho e o Bruno Uvini, todos estão em busca de uma oportunidade. Convenhamos, não é nada fácil montar um time como o do São Paulo.
Esse é um quebra-cabeça a ser montado pelo nosso comandante, afinal, ele recebe bem para isso. Mesmo assim sei que o torcedor são paulino é o mais exigente do Brasil, e cada um deve ter a sua escalação na ponta da língua.
Quero saber de vocês, se fosse o técnico nesse sábado, que time VOCÊ colocaria em campo?
Isabelle Guerini – Torcedora apaixonada
@iguerini