Saudações tricolores!

Vida nova que se segue no tricolor. Independente de concordarmos ou não com a posição da diretoria em colocar Sérgio Baresi (vocês sabem o que eu penso disso…) no comando do time profissional do SPFC, o tricolor enfrenta o Cruzeiro hoje no Morumbi.

O time titular não contará com Alex Silva (se recuperando de uma atroscopia), Miranda (suspenso), Xandão (recuperando-se de contusão) e Dagoberto, que estará curtindo um tão merecido banquinho, após apresentações pífias contra o Internacional, pela Libertadores.

Até onde eu sei, Dagoberto começará no banco, mas poderá ser colocado pra jogar, dando-se mais uma chance a ela. As apresentações de Dagoberto nos últimos jogos depecepcionaram não só torcedores, mas também a diretoria.

O time deve entrar em campo com Rogério Ceni, Jean, Renato Silva, Samuel e Junior Cesar; Casemiro, Carlinhos Paraíba, Cleber Santana e Marlos; Fernandão e Ricardo Oliveira.

Quando o SPFC enfrenta o Cruzeiro, eu tenho boas memórias. Alguns vão dizer: ‘ ou então, para os mais depressivos Mas eles ganharam da gente pela Libertadores em 2009 e nós ganhamos deles neste ano’,’Perdemos a Copa do Brasil pra eles em 2000′. Sim, é verdade. Mas a minha lembrança é boa por outros motivos…

SPFC x Cruzeiro em 2007, uma das últimas rodadas do Brasileirão. Eu fui neste jogo no Morumbi. Não foi um jogo espetacular. Na verdade, foi 1×0, gol de Jorge Wagner, mas é uma boa lembrança pois eu estava sem ir ao Morumbi há tempos já. Inúmeros motivos: faculdade, trabalho, falta de grana, etc. etc…

Mas aí, eis que eu e meu noivo Fernando resolvemos ir. O Fê, são-paulino, nunca tinha ido ao Morumbi. Eu já tinha ido várias vezes, sempre com meu pai. Mas ele nunca tinha ido até aquele ponto. Não tem coisa mais gostosa que você ir ao Estádio com alguém que nunca foi: ainda mais quando se é um domingo de sol, pleno verão e seu time ganha! Aquilo fica na nossa memória, as cores, os cânticos, marcam!


Eu no Morumbi SPFC x Cruzeiro pelo Brasileirão de 2007
O tricolor venceu por 1×0 (gol de Jorge Wagner) e foi a primeira vez que fui junto com meu noivo ao Morumbi

Lembro que foram distribuídas bandeirinhas para os torcedores da arquibancadas (fiquei na arquibancada vermelha, onde hoje é o Setor Visa no Morumbi). Meu noivo guarda a bandeirinha até hoje em seu quarto… Assim como eu também.

Existe uma expressão muito boa em inglês, que diz que você deve ‘criar memórias’ (create memories) e acho o mais legal de ser ir a um estádio exatamente isso! Aquele jogo ficou na minha memória e na do Fê… Não pela beleza do jogo em si, nem pelo espetáculo em campo, mas fora dele: a beleza da arquibancada lotada, o sol brilhando, a torcida empurrando o time, a luta pelo penta-brasileiro…Tudo inesquecível!

E o engraçado que nem era a minha primeira vez como torcedora na arquibancada do SPFC (isto aconteceu na Libertadores de 1994, SPFC x Palmeiras), mas faça a experiência: você que já foi ao Morumbi, procure um dia levar alguém que nunca foi. Veja como a pessoa encara a experiência, o que ela diz, como é gostoso…

Espero que hoje o SPFC possa repetir a vitória, seja pelo placar que for, para dar esta experiência gostosa a alguém que esteja no Cícero Pompeu de Toledo pela primeira vez!

Thaís Cachuté Paradella, 30 anos, é cirurgiã-dentista em São José dos Campos e sócia-torcedora do SPFC.

PS: Venha participar do nosso aniversário no Copa Restaurante.

Mais informações: http://bit.ly/aTRVxt