2010 começou com tudo nas contratações do clube.

Vieram para a defesa: Xandão, André Luis e teve a volta de Alex Silva.

No meio campo: Carlinhos Paraíba, Cleber Santana, Leo Lima e Rodrigo Souto.

No ataque: Fernandinho, Marcelinho Paraíba e Roger.

E na lateral: Thiago Carleto e uma de nossas maiores saudades, Cicinho.

Além de outras estrelas que já tinhamos no time, como Hernanes, Jean, Marlos, Dagoberto, Washington e etc…

Tudo parecia perfeito, acreditei que aquela enxuarrada de títulos iria voltar. Mas ao contrário da expectativa que foi feita o time vem deixando muito a desejar. O time passou por sérias dificuldades na libertadores e vem de um tropeço comprometedor no Paulistão, vem apresentando futebol lento, pouco criativo… Temos um time timido e medroso em campo!

Só que o segredo é, onde está o problema desse elenco que prometia ser a ‘máquina tricolor’?

Se pararmos para analisar individualmente o problema parece ser bem pior. Marcelinho Paraíba, por exemplo, quantas alegrias nos trouxe e que ótima temporada foi a última antes de vir para o tricolor. Cicinho, que posso até me atrever em dizer que é um ídolo da torcida hoje está no banco de reservas do São Paulo por desemprenho ruim em campo.

E Hernanes e Jean que tem um incrivel potencial, mas ultimamente não andam exibindo nem metade do esperado.

Onde está o erro, no técnico e sua escalações? Na falta de raça e vontade do time que pode ser mesmo até um reflexo da imagem passiva que Ricardo Gomes passa?

Ou pode ser no salários dele, na alimentação… Ou eles tem dormido pouco. Não se sabe o que é de fato! A única certeza é que temos um elenco capaz de dar show de bola e passear em cima de muito time por aí, mas a cada jogo nosso é um sofrimento, uma tensão e o pior…uma incerteza!

Até nosso ídolo Rogério Ceni foi ameaçado de perder seu posto de cobrador oficial de faltas, reconheço que o mestre já teve uma forma melhor, mas se compararmos a outros goleiros mais novos do que ele e em plena atividade em grandes clubes eu digo e repito: Temos o melhor goleiro do Brasil.

Não só isso, temos uma zaga forte e preparada,qualidade nas laterais,diversidades e ótimas opções para o ataque.

E nada sai da monotonia. Será que o problema então é o excesso de jogadores que fica tão dificil armar um esquema tático e firmar o time daquela forma fazendo ganharem entrosamento?

É torcedor tricolor, temos a faca e o queijo na mão. Não nos falta nada, nem jogador, nem estrutura. Opa! Falta, sim. Animo, raça e paixão. Daquelas que estamos acostumados a ver no nosso São Paulo, aquela que emociona, que parece que vai fazer parar o coração, mas acima de tudo aquela que nos faz sentir os verdadeiros ‘SOBERANOS’.

E então, o que falta?

Beijos e até a próxima!