Saudações dominicais, hoje bem mais contente que há uma semana.
Sim, um empate foi capaz de me deixar feliz da vida e nem acho que estou me contentando com pouco.

Na atual fase do São Paulo FC, o empate foi sim um sinal de esperança para mim. E o jogo foi melhor de assistir que outros passados.

Entramos nesta partida com novidade no nosso campo de defesa: três zagueiros para tentarem impedir o Imperador de chegar ao gol. O que não é novidade, é a grande habilidade que Adriano apresenta com a bola e a bela partida que fez. Mas ainda mais bonito, foi seu sinal de respeito com o Tricolor, ao não comemorar o gol de pênalti que marcou. Fiquei realmente surpresa e comovida com o gesto do jogador.

O Flamengo abriu o placar com uma falha patética de Denis, o que me fez agradecer aos céus mais ainda o fato de Ceni estar voltando provavelmente na primeira semana de agosto.

Empatamos com Borges, mas temos que destacar novamente a atuação de Marlos que vem jogando muito e que teve participação importantíssima no gol.

Tudo bem que mal tivemos tempo de comemorar o empate, já que Adriano foi derrubado na área por Renato Silva e ele mesmo cobrou, deixando sua marca no canto esquerdo do gol de Denis. Ressaltando-se novamente o lance mais bonito do jogo: a não comemoração de Adriano, num gesto típico de um Imperador que sabe respeitar a grandeza do rival.

Mesmo com dez, desde o final do primeiro tempo, conseguimos buscar o empate e eu desliguei a televisão como se tivéssemos saído com a vitória.

Hernanes jogou com mais vontade, Marlos continua com ótimo desempenho, Borges ainda se mostra “trabalhador”, até Jorge Wagner deixou o dele… e o melhor: somos lembrados da nossa grandeza um pouco esquecida pelos intemperes atuais, quando vemos o Imperador se calar em reverência e respeito ao Majestoso Tricolor Paulista!

Saudações Tricolores e até domigo que vem!